Covid-19: Guimarães é sétimo entre os concelhos do país com maior taxa de infeção na população

A 2 de fevereiro, o concelho de Guimarães apresentava uma incidência de infetados de 11,31% da população, um em cada nove vimaranenses foi, até àquela data, infetado pelo novo coronavírus.

Os dados são apresentados pelo Jornal de Negócios, e revelam que 13 concelhos do país apresentavam uma taxa de infeção da população residente superior a 10%, em que, pelo menos um em cada 10 habitantes foi infetado pela Covid-19.

Aguiar da Beira está no topo da tabela com 14,70%, segue-se Lousada com uma incidência de 11,89%, Paços de Ferreira com 11,63% de infetados, Figueira de Castelo Rodrigo com 11,60%, Castelo de Vide com 11,51% e Cuba, no Alentejo, com 11,45% de infetados. Nestes concelhos e incluindo Guimarães, pelo menos um em cada nove residentes foram infetados desde o início da pandemia. Em Aguiar da Beira chegou aos sete em cada dez.

Quanto a Guimarães, os 11,31% de infetados correspondiam, a 02 de fevereiro, a mais de 17 mil casos, mais especificamente 17.219. Com incidência de infetados inferior e Guimarães, mas ainda assim com mais de 10% da população infetada, seguiam-se outros seis municípios: Póvoa de Varzim, Vimioso, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão, Mêda e Sernancelhe. Em termos de casos, Famalicão soma 13.661 infetados, Vila do Conde regista mais de 8.300 contágios e Póvoa do Varzim contabiliza 6.800 casos.
Dos 24 municípios portugueses com mais de uma centena de milhar de habitantes, sendo Guimarães um deles, há 15 onde a percentagem da população infetada supera os 7,2% da média nacional. Guimarães e Vila Nova de Famalicão são os únicos destes concelhos onde mais de 10% dos residentes estão ou já estiveram infetados. 

Para este estudo, foi considerada a população de Guimarães a 31 de dezembro de 2019, que, segundo o Instituto Nacional de Estatística, era de 152.309 habitantes.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?