Cultura e Tradição: “FEST’IN FOLK CORREDOURA” está de regresso

O FEST’IN FOLK CORREDOURA deste ano tem uma particuridade especial, pois é o último ano de avaliação para a marca de certificação internacional da CIOFF, com reconhecimento na UNESCO, a qual tornará ímpar e vinculativa a Edição de 2022 e elevará este evento a um nível inigualável na Cidade de Guimarães.

Decorreu na manhã desta terça-feira, dia 02 de agosto, na Casa da Memória de Guimarães, a apresentação do Programa “FEST’IN FOLK CORREDOURA” que se vai realizar entre os dias 09 e 14 de agosto, após dois anos de interregno. A apresentação do evento contou com a presença de Paulo Lopes Silva, vereador da Cultura, Alberto Martins, presidente da Junta de Freguesia de São Torcato, Henrique Macedo, presidente do Grupo Folclórico da Corredoura e Gabriela Nunes, membro da direção do Grupo Folclórico da Corredoura.

“Depois de dois anos parados é um gosto estar de volta”, as palavras são de Henrique Macedo. O presidente do Grupo Folclórico da Corredoura acredita que a edição 2022 do festival irá “animar as ruas” e trazer um “colorido diferente à cidade”. O Festival decorrerá entre os dias 9 a 14 de agosto e contempla espetáculos, paradas e desfiles diversificados em diferentes espaços da cidade de Guimarães e da Vila São Torcato, mas, o presidente destacou também as visitas aos lares que irão acontecer nos dias 9 e 11 de agosto. “Nós temos esta preocupação de levar o “FEST’IN FOLK CORREDOURA” a pessoas que não vão poder participar e não poder assistir às Galas que vão decorrer no Campo de São Mamede para que possam usufruir e ter contato com as tradições e culturas de outros países”, disse.

Alberto Martins, presidente da Junta de Freguesia de São Torcato salientou o esforço da organização em realizar o evento e vincou que essa mesma organização em “colocar de pé um evento deste calibre mostra, não só a força do Grupo Folclórico da Corredoura, mas também a importância que a marca Fest’In Folk tem no panorama do concelho de Guimarães”. Para o presidente Junta de Freguesia de São Torcato, o festival “FEST’IN FOLK CORREDOURA” vai “muito para além do folclore” e acredita que durante esta semana a cidade de Guimarães ficará muito mais rica do que aquilo que é a sua “multicularidade” e irá “celebrar uma cultura vibrante”.

Por fim, teve a palavra o vereador da cultura. Paulo Lopes Siva salientou que o Município já “não tem dúvidas da importância deste festival para o calendário” e que mediante a apresentação de um plano de atividades, o FEST’IN FOLK CORREDOURA entre no lote de projetos de interesse municipal que serão automaticamente apoiados pelo Município para cada ano, pela “mais-valia que traz do ponto cultural, turístico e de internacionalização do próprio território”.

Cultura e tradição são linhas do programa entre os dias 09 e 14 de agosto:

O pontapé de saída será dado no dia 09 de agosto, no GuimarãesShopping com a Inauguração da Exposição “O Mundo a Trajar em Guimarães”, às 16h00. No mesmo espaço, às 16h30, haverá ainda a realização do Workshop de Dança: Brasil. Ao final da noite, às 21h30, no Centro Histórico de Guimarães irá decorrer o Workshop de Dança: Guiné-Bissau | Geórgia.

No dia 11 de agosto, haverá duas atividades: às 16h30, no GuimarãesShopping vai realizar-se o Workshop de Dança: Equador e às 21h30 o Workshop de Dança: França | Eslovénia. A 12 de agosto, às 16h00, no Centro Histórico de Guimarães, irá realizar-se o Desfile/Parada: com a presença dos grupos de todos os países participantes e mais tarde, às 21h30, no Campo de São Mamede, irá decorrer a Gala de Abertura, Passarelle e Orquestra Multicultural que também irá contar com a presença de todos os países.

No sábado, dia 13 de agosto, às 21h30, no Campo de São Mamede vai realizar-se a Gala de Folclore Nacional: Grupo de Danças e Cantares de Barcelos – Barcelos; Rancho Folclórico “Os Camponeses” de Riachos – Torres Novas; Rancho Regional de Fânzeres – Gondomar; Rancho Folclórico da Casa do Povo de Maiorca – Figueira da Foz e Grupo Folclórico da Corredoura – Guimarães.

Por fim, o dia 14 de agosto. Às 10h30, na Basílica de São Torcato terá lugar a celebração Ecuménica: com a presença dos grupos de todos os países e ao final do dia, no Campo de São Mamede, a Gala de Encerramento com a presença de todos os países.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?