Dia 5 de abril, há lojas que não vão reabrir

A 5 de abril está previsto no plano de desconfinamento a reabertura das lojas com 200 metros quadrados com porta para a rua. Para já apenas são permitidas vendas ao postigo.

O Mais Guimarães esteve à conversa com Cristina Faria, presidente da Associação do Comércio Tradicional de Guimarães, para perceber como está este setor.

Com a permissão da venda ao postigo, Cristina Faria afirmou que “já possível vender mais alguma coisinha, mas com a abertura no dia 5 de abril as coisas vão começar a melhorar”. O meio online também foi um bom suporte para alguns comerciantes.

A presidente da Associação do Comércio Tradicional de Guimarães revelou ao Mais Guimarães que existem lojas que já não vão abrir e outras apenas para escoarem o stock. “Ainda existe uma última tentativa de escoar e tentar angariar alguma verba para conseguir entrar na próxima estação”, disse. Caso isso não aconteça, acabarão mesmo por encerrar portas.

Segundo Cristina Faria as pessoas em Guimarães valorizam cada vez mais o comércio tradicional: “procuram as coisas na rua e temos esperança que comece a vir algum turista português”.

Estes têm sido momentos difíceis para os comerciantes, “mas com muita força, muito boa vontade, grande parte deles têm conseguido resistir. O caminho é em frente e nunca cruzar os braços”, finalizou Cristina.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?