Do Natal aos Reis #4: Cuide se si, relacione-se

Natal é sinónimo de festa em família, refeições partilhadas e de manifestações de amor e carinho. Mas a Covid19 veio baralhar tudo e obrigar a repensar a tradição. 

Este momento pede um maior distanciamento físico, mas isso não quer dizer que nós precisamos de nos afastar das pessoas importantes da nossa vida. Pelo contrário. Mais do que nunca, precisamos das nossas ligações, mesmo que elas não possam estar ao nosso lado, como gostaríamos.

© João Bastos / Mais Guimarães

Procure manter contato com quem gosta, mesmo que virtualmente.

Use ao máximo daquilo que as novas tecnologias têm de melhor para nos dar e manter contacto com familiares, amigos, e outras pessoas queridas. É possível combinar um brinde ou a abertura da sobremesa, dançar, comentar um filme, gravar vídeos para os familiares distantes, realizar encontros familiares por videochamada, incentivar as crianças a gravar atividades para enviarem aos avós que não podem estar presentes; ligue com alguém que não fala há já algum tempo, mande uma mensagem ou faça uma videochamada!

Vão rindo, conversando, partilhando, criando memorias positivas.

Todos gostamos de sentir carinho e saber que pensam em nós, por isso ligue para saber noticias, para demostrar amor e saudade, para dizer o que sente.

Esta é uma época onde podemos e devemos construir novos rituais, criar novos hábitos, novas tradições dar outro significado a estes tempos difíceis para os tornar menos penosos, para nós e para os nossos!

Feliz Natal!

Priorize a sua Saúde Psicológica.

Uma parceria Mais Guimarães com Emanuela Lopes, psicóloga clínica e da saúde.

www.emanuelalopes.pt

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?