DOMINGOS BRAGANÇA APONTA CANDIDATURA A CVE A PARTIR DE 2019

O presidente do município, Domingos Bragança, adiantou hoje que Guimarães não se vai candidatar à Capital Verde Europeia (CVE) de 2021. “Já ouvi os peritos que estiveram connosco na candidatura a Capital Verde Europeia e o que resulta é que Guimarães tem todas as condições para ser Capital Verde Europeia. É importante garantir o desenvolvimento sustentável como um processo, por isso estamos a elaborar o Plano de Desenvolvimento Sustentável 2030, que tem em conta um plano de curto, médio e longo prazo”, referiu o autarca, sublinhando que quando for o momento oportuno Guimarães fará nova candidatura, o que poderá acontecer a partir de 2019. “Este ano não temos condições”, afirmou.

Em declarações aos jornalistas no final da reunião do executivo desta quinta-feira, o edil enalteceu os pontos fortes da candidatura e abordou os pontos “frágeis”, responsabilizando a Águas do Norte e a Resinorte. “Nós temos um problema com a água e com os resíduos”, disse.

“O saneamento em alta é da responsabilidade da Águas do Norte e nós vamos fazer parceria com a empresa, no âmbito da concessão, para que não haja derrame de saneamento nos rios. O plano do rio Ave vai ser transformado num plano de proteção para todas as linhas de água”, explicou o presidente do município.

Em relação aos resíduos, o autarca assumiu que Guimarães também tem um “problema” com a Resinorte, porque “todo o lixo que é reutilizável não pode ir para aterro, mas sim ser tratado”. “A Câmara de Guimarães não tem responsabilidade direta, porque está concessionado a estas operadoras, nas áreas dos resíduos e do saneamento em alta, mas como queremos ter o conceito de ecologia temos que fazer parcerias com a Águas do Norte e a Resinorte no sentido de complementar a sua responsabilidade. O território é nosso e nós temos de tratar dele”.

Domingos Bragança pretende que a Resinorte, a Águas do Norte, a Vimágua e a Vitrus, “operadoras diretas na área do ambiente”, façam parte “integrante do desenvolvimento sustentável e da próxima candidatura a CVE”.

Saiba mais na edição impressa do Mais Guimarães da próxima quarta-feira.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?