Elenco Variável entra hoje em cena com “Letra A“

Inês Lago e João Ventura, são ambos naturais de Guimarães e têm uma forte ligação de amizade que prevalece desde os 15 anos de idade. Em 2020, resolveram ‘formalizar’ essa mesma ligação com a fundação da companhia Elenco Variável e, até aos dias de hoje, transportam consigo a ambição de se tornarem numa companhia de referência a “nível nacional e internacional”.

A companhia fundada pelos dois amigos de longa data, vai entrar em cena com a peça “Letra A” já esta quarta-feira, dia 29 de junho, e quinta-feira, dia 30 de junho, pelas 21h30, no Convívio – Associação Cultural, localizado no Largo da Misericórdia, em Guimarães. “Letra A” é um espetáculo docuficcional que parte da biografia de Jaime Brasil “para encetar um diálogo entre realidades históricas não assim tão distantes no tempo e na forma”. Segundo os diretores artísticos do projeto, João Ventura e Inês Lago, a peça “Letra A” poderia ser perfeitamente “a primeira parte de uma série”, mas por agora a intenção passa por “apresentar isto por capítulos”. Ainda assim, dado o facto de a biografia de Jaime Brasil “ser tão grande” deixaram em aberto a possibilidade de fazerem uso da sua biografia no futuro, caso exista vontade de fazer “um novo espetáculo”.

Com sede em Guimarães, este projeto de dois velhos conhecidos assenta numa “visão de envolvimento da população nos processos artísticos” que contribui para “a expansão cultural dos indivíduos, das comunidades, e dos criadores”.

Esta “criação híbrida”, que conta com a banda sonora original de Rui Souza e com a participação cinematográfica de vários atores vimaranenses terá lugar no Convívio – Associação Cultural, localizado no Largo da Misericórdia, em Guimarães.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?