Entra em vigor a gratuitidade de creche para milhares de crianças

As propostas apresentadas pelo PCP para o Orçamento de Estado para 2020 fizeram com que ficasse inscrita a gratuidade das creches para crianças das famílias do primeiro escalão de rendimentos, mas também para o segundo filho ou mais filhos de famílias no segundo escalão de rendimentos.

© Direitos Reservados

“Foi um primeiro passo no caminho da gratuitidade das creches para todas as crianças, assegurando-se assim um direito e um apoio fundamental às
famílias”, pode ler-se numa nota enviada às redações.

Na opinião do PCP o custo das creches é elevado, “considerando até os baixos rendimentos da generalidade dos trabalhadores e das famílias do nosso país, sendo esse mesmo custo um obstáculo que condiciona a decisão de ter ou não filhos ou, muitas vezes, de se ter mais do que um filho”.

Todos os estudos demonstram que os portugueses em idade fértil gostariam de ter mais filhos do que efetivamente têm. A gratuitidade da frequência de creche para as crianças até aos 3 anos ou até à entrada no pré-escolar “representa um fator de segurança para os casais que desejam ter um primeiro filho ou que desejam também ter mais filhos e o atual momento que vivemos, face até à perda de rendimentos das famílias, confirma ainda mais a necessidade e importância da medida da gratuidade das creches”.

O PCP deixa ainda a mensagem de que continuará a acompanhar a implementação desta gratuidade e continuará a intervir “para que a mesma seja mais abrangente”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?