Escolas fechadas nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro

Governo impõe máscaras obrigatórias no local de trabalho, proibição de circulação entre concelhos e garante que não haverá aulas nas escolas nas pontes de 30 de novembro e 7 de dezembro.

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, António Costa, na conferência de imprensa para anunciar novas medidas para combater o aumento de número de infeções por covid-19, decididas no Conselho de Ministros de sexta-feira.

“Também no trabalho se transmite o vírus e também no trabalho a máscara protege da transmissão do vírus” António Costa

“Também no trabalho se transmite o vírus e também no trabalho a máscara protege da transmissão do vírus”, afirmou o primeiro-ministro.

A circulação entre concelhos vai ser proibida entre os dias 27 de novembro e 2 de dezembro e 4 e 9 de dezembro, anunciou António Costa. O primeiro-ministro adiantou que vai ser proibido circular entre concelhos entre as 23h00 do dia 27 de novembro e as 5h00 de 02 de dezembro e as 23h00 de 4 de dezembro e as 5h00 de 09 de dezembro.

Esta medida foi anunciada em conferência de imprensa realizada após o conselho ministro destinado a avaliar novas medidas para conter a pandemia de covid-19.

Tolerância de ponto para funcionários públicos a 30 de novembro e 7 de dezembro

Nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro, vésperas de feriados nacionais, as aulas estão suspensas e haverá tolerância de ponto para a Função Pública, anunciou o primeiro-ministro.

António Costa falou após a reunião do Conselho de Ministros extraordinária que decorreu no sábado, dia 21, no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa.

O primeiro-ministro apelou ao setor privado para que suspenda “a sua laboração” e que dispense os trabalhadores naquelas datas, para que haja “no início de dezembro quatro dias com risco de circulação reduzido”.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?