Escolas vão ter “campanha permanente” de testes antigénio

Com as escolas abertas no novo confinamento, António Costa anunciou que campanha de testagem está a ser articulada entre os ministérios da Saúde e da Educação.

No fim da reunião do Concelho de Ministros esta quarta-feira, 13 de janeiro, Costa revelou que “um dos fatores que melhor nos tem permitido controlar a gestão da pandemia é termos adotado uma política de testagem massiva: testagem, testagem, testagem. Relativamente às escolas vamos acompanhar o funcionamento das escolas com uma campanha de testes antigénio de forma a podermos ir detetando casos não detetados de eventuais contaminados”.

Com as aulas presenciais em todos os níveis de ensino o primeiro-ministro prometeu que os estabelecimentos de ensino iriam estar abertos “com as cautelas que tornaram a escola segura”.

 A ideia é ter “uma campanha permanente de testes antigénio no sistema educativo de forma a despistar qualquer cadeia de transmissão que possa existir”, explicou.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?