Escritura da venda da Coelima à Mabera deverá concretizar-se na primeira quinzena de setembro

*Correção da notícia publicada a 21 de agosto pelo Mais Guimarães.

Atraso na realização da escritura deu-se devido à “impossibilidade por parte da massa insolvente de transmitir o estabelecimento da Coelima até 30 de Junho”, faz saber a administração da Mabera, num esclarecimento enviado ao Mais Guimarães.

Foto: DR

A informação enviada pela empresa contraria a notícia avançada pelo Mais Guimarães, a 21 de agosto, em que se podia ler que a Mabera estava “atrasada no pagamento da compra” da quase centenária empresa têxtil de Pevidém.

A empresa garante ter pago até ao momento à massa insolvente “os valores a que se obrigou quer na assembleia de credores de 25 de junho, quer no contrato promessa assinado posteriormente, a 14 de julho, com efeitos retroativos a 1 de julho, com o administrador da massa insolvente, Pedro Pidwell, e procederá ao pagamento integral do valor residual constante da sua proposta na data da outorga do contrato definitivo”, assegura José Dâmaso da Cruz de Castro Lobo, administrador da Mabera.

Aquele responsável faz saber também que está a cumprir com o compromisso assumido na assembleia de credores, de “manter a atividade da empresa e os postos de trabalho, sendo falso que tenha procedido ou tentado proceder a despedimentos e/ou rescindir contratos laborais”.

Até ao momento, e no âmbito da proposta de compra apresentada e aprovada pelos credores, com 89,1% dos votos favoráveis, a Mabera assumiu, “entre outros, o pagamento dos créditos detidos pela Autoridade Tributária no montante de 34.504,00 euros e os créditos detidos pela Segurança Social no montante de 293.242,52 euros”.

Nota do diretor: Por uma avaliação incorreta dos documentos que dispúnhamos, a notícia avançada pelo Mais Guimarães a 21 de agosto continha diversos erros. Pelo facto, apresentamos as nossas desculpas às entidades envolvidas, nomeadamente à administração da Mabera.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?