“EXCENTRICIDADE” COM SEIS EVENTOS NO CONCELHO DURANTE O MÊS DE NOVEMBRO

Dois espetáculos no início do mês e quatro no final de novembro preenchem o roteiro concelhio no penúltimo mês de 2016 do programa de descentralização cultural “ExcentriCidade”, promovido mensalmente pela Câmara Municipal de Guimarães. Dois dos eventos realizam-se já neste primeiro fim-de-semana, com a vila das Taipas a ser palco de um concerto da Orquestra do Norte, enquanto o humor estará presente numa peça de teatro programada para Ronfe.

Este sábado, 05 de novembro, às 21:30 horas, na Igreja Matriz de Caldas das Taipas, o alinhamento do espetáculo é constituído por obras de Gioachino, sob direção artística do maestro José Ferreira Lobo. Destinado a um público com idade superior a 5 anos, o evento tem entrada livre. À mesma hora, no Salão Paroquial de Ronfe, principia a peça “Muito Riso, Muito Siso”, um solo de Luís Fernandes, no papel de músico e “diseur”, que dará vida e voz a textos humorísticos de grandes vultos da literatura de expressão portuguesa, criteriosamente selecionados por Odete Ferreira.

O programa “ExcentriCidade” volta depois na última sexta-feira do mês, com espetáculos na vila de S. Torcato e em Briteiros S. Salvador, ambos às 21:30 horas. No Centro Comunitário, Hemeroteca e Mediateca Educativa da ADCL, haverá música e uma sessão de poesia, com Nuno Moura e Luca Argel. O primeiro, que é responsável por projetos editoriais performativos surrealizantes, fundou a “Mariposa Azual”, a “Mia Soave” e mais recentemente a “Douda Correria”. O brasileiro Luca Argel é formado em música pela UNIRIO e mestre em literatura pela Universidade do Porto, em Portugal, tendo já publicado alguns livros.

Na Casa do Povo de Briteiros S. Salvador, a noite é reservada ao teatro, com a apresentação das peças “Um Pontinho no Meio dos Olhos” e “Adalberto Silva Silva”, ambas com textos da autoria de Jacinto Lucas Pires. A primeira performance, encenada por Marcos Barbosa e com produção do Teatro Oficina, centra-se num livro de contos. Na segunda peça, brinca-se com o formato televisivo de espaços informativos. “Adalberto Silva Silva” é interpretado por Ivo Alexandre, pivô desta comédia de bolso sobre o desejo, o sonho e os chamados problemas práticos.

O cartaz cultural do mês encerra na vila de Moreira de Cónegos, com dois eventos no Centro Pastoral no mesmo dia, mas em horários diferentes. Ao início da tarde, às 14:30 horas, é projetado o filme “O Principezinho”, de Mark Osborne, numa parceria com o Cineclube de Guimarães. À noite, a partir das 21:30 horas, sobe ao palco do Centro Pastoral de Moreira de Cónegos o projeto musical “Mantas e Retalhos”, da associação CAISA – Cooperativa de Artes, Intervenção Social e Animação.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?