Executivo aprova geminação de Guimarães com a cidade de Turkistan

O executivo vimaranense aprovou, por unanimidade, na segunda-feira, em reunião de câmara, a geminação de Guimarães com Turkistan, cidade histórica do Cazaquistão.

© Direitos Reservados

O objetivo da geminação é, segundo a proposta apresentada, “a criação e fortalecimento de relações comerciais e culturais entre as cidades”.

Apesar de anunciar um voto favorável dos vereadores da coligação Juntos por Guimarães, pelo facto de a proposta não conter “qualquer ponto negativo e até poder trazer benefícios”, Ricardo Araújo questionou o critério utilizado nesta geminação, considerando poder ser uma demonstração da “ausência de uma política de relações internacionais no concelho. É importante percebermos o relacionamento existente com as cidades com as quais Guimarães tem geminação”, acrescenta o vereador.




Para Ricardo Araújo, “É difícil perceber critérios comuns do ponto de vista global, o que nos leva a concluir que Guimarães não tem uma política de relações internacionais estrategicamente definida e coerentemente assumida. O vereador afirma que Guimarães “devia ser proactivo” no estabelecimento destes protocolos, e “não só reagir às propostas que chegam.” Guimarães, por si própria, “devia estabelecer um conjunto de cidades com quem gostaria de estabelecer protocolos de colaboração, nomeadamente nas regiões que, ao longo da história, têm relacionamento connosco”.

Para Ricardo Costa, vereador responsável pelo Desenvolvimento Económico do Município, esta geminação com a cidade do Turkistan “faz todo o sentido”. Um “bom sinal” é, segundo o vereador, “a parceria que Universidades do Cazaquistão fizeram recentemente com a Universidade do Minho. O conhecimento é fundamental para o crescimento de uma sociedade e de uma economia robusta”, diz o vereador.

“A abertura do centro de negócios, ou se quisermos, a abertura de um espaço de diplomacia económica em Guimarães, com o cônsul do Cazaquistão para a zona norte a ficar sediado em Guimarães, é outro dos pontos que justifica esta geminação”, acrescenta Ricardo Costa.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?