EXECUTIVO MUNICIPAL DISCUTE A COMPARTICIPAÇÃO NOS TRANSPORTES PÚBLICOS

A questão da comparticipação nos transportes públicos, sugerida esta semana pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, foi o ponto em discussão no período antes da ordem do dia, na reunião do executivo municipal que se realizou esta manhã.

André Coelho Lima, e perante a ausência de uma tomada de posição pública por parte do presidente da Câmara de Guimarães, levou a questão a discussão. Para o vereador da oposição, a cidade não devia continuar com o modelo utilizador-pagador e a sugestão discutida esta semana a nível nacional, que prevê apoios apenas para Porto e Lisboa, deve levar Guimarães a demonstrar-se contra.

Domingos Bragança garantiu que “Câmara já fez saber que Guimarães seria em oposição disso”, e abordou ainda a necessidade de um “trabalho em conjunto”, nomeadamente com Braga, Barcelos e Vila Nova de Famalicão. Para o presidente do executivo, o modelo de transportes da cidade, que é concessionado, gera uma dependência de privados e, nesse seguimento, André Coelho Lima manifestou-se a favor da adoção, para o município, de um sistema misto.

“Não defendemos o terminar da concessão, defendemos um sistema misto na medida em que o público entra para os fatores preço e cobertura do território”, explicou André Coelho Lima.

O presidente do executivo admitiu que há um estudo a decorrer sobre o tema e que qualquer tomada de decisão será posterior a isso.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?