FABRÍCIO RIBEIRO DEMITE-SE DO C.R. CANDOSO DEPOIS DE CONHECIDO CASTIGO AO CLUBE

De acordo com o portal ZeroZero, Fabrício Ribeiro demitiu-se das suas funções no Clube Recreativo de Candoso, depois do clube ter sido castigado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol com dois jogos à porta fechada e uma multa de cerca de  2,5 mil euros.

Tal como avançou o Mais Guimarães, e de acordo com o documento do Conselho de Disciplina da Federação, a sanção aplicada deveu-se ao clube “utilizar como treinador principal um agente desportivo que não se encontra habilitado para o exercício daquela função”. Deste modo, Fabrício Ribeiro acabou por deixar o emblema vimaranense.

“É muito triste, sobretudo para um clube que cumpre todas as leis e sempre fez questão de ter tudo legal. Tem um treinador de nível dois [Toni Paiva] e tudo direitinho. Se calhar, mais vale fazer como alguns clubes e não ter treinador, optando por pagar a multa», criticou Fabrício Ribeiro, que estava inscrito como diretor, em declarações exclusivas ao ZeroZero.

“Acabei a carreira de jogador de um momento para o outro e agora, com este castigo, nem sequer posso tirar o curso de treinador. É ridículo”, disse ainda em declarações ao portal online nacional.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?