Faleceram mais 2.347 pessoas em Portugal no último mês

Nas últimas semanas tem-se verificado um aumento significativo do número de mortes associadas à covid-19. O novo coronavírus justifica cerca de 50% do aumento de óbitos em Portugal em 2020. Mas, se considerarmos apenas o ultimo mês, cerca de 75% dos óbitos registados em excesso em Portugal estão associados a infeções pelo SARS-CoV-2. 

Dos 4.276 óbitos associados à covid-19, 1.881, que representam 44%, aconteceram no último mês, entre 28 de outubro e 27 de novembro.

Em Portugal registaram-se, até 27 de novembro, 109.218 óbitos, mais 8.473 que a média verificada no mesmo período nos últimos três anos (2017-2019), que era de 100.745. Os dados estão disponíveis na plataforma Sico (Sistema de Informação dos Certificados de Óbito), da Direção Geral da Saúde.

Relativamente a este aumento, desde o início da pandemia no nosso país, entre março e até 27 de novembro, segundo a DGS, 4.276 indivíduos faleceram com complicações associadas à covid-19, o que justifica cerca de 50% do aumento da mortalidade registada neste ano. 

Mortalidade em Portugal sobe mais de 25% no último mês

Se considerarmos exclusivamente o período de 28 de outubro a 27 de novembro, registaram-se mais 2.347 óbitos que a média verificada nos últimos três anos, que era de 9040 pessoas e que, este ano, chegou às 11.387. Deu-se um aumento de mais de 25% de mortalidade em Portugal.




No período em análise, as mortes associadas à covid-19 passam a representar cerca de 75% do aumento do número de óbitos verificados no último mês. 

Consultando os dados disponibilizados pela Direção Geral da Saúde, 1.881 óbitos surgem associados a infeções pelo novo coronavírus, enquanto 466 a outros motivos. Foram declarados em Portugal, em média, no último mês, mais 80 óbitos diários, com 63 associados à covid-19 e 17 a outras razões.

Verificando os dados disponibilizados na plataforma, concluímos que, em Guimarães, foram declarados até ao momento 1.234 óbitos, mais 137 que a média dos últimos três anos: 1.148 em 2019; 1.088 no ano 2018, e 1.056 em 2017. No concelho, segundo os dados disponibilizados pelo Município e pelo ACES do Alto Ave, até ao dia 26 de novembro, faleceram 98 pessoas devido à covid-19.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?