Filipe Leite encontrou refúgio na arte de fazer presépios

Foi há precisamente 12 anos que transformou a sua garagem numa oficina dedicada ao artesanato.

filipe leite

“É um amor que já nasce com a pessoa. Um bichinho que nós temos e que vamos sempre aperfeiçoando”. É desta forma que Filipe Leite descreve a sua arte, a de dar casa a cada presépio que passa pelas suas mãos.

© Cláudia Crespo / Mais Guimarães

Apesar de sempre ter tido um gosto especial pelos trabalhos manuais – já nos tempos de escola -, foi há precisamente 12 anos que transformou a sua garagem numa oficina dedicada ao artesanato. Desde então que lhe dedica os seus fins de semana e os seus fins de tarde.

“A minha família gosta muito, mas não sabe como é que eu tenho paciência para tanta coisa. É um trabalho muito demorado. É o meu refúgio. É bom para aliviar o stress e para a nossa autoestima”, revelou Filipe Leite.

A viver em Ponte, o vimaranense, de 48 anos, que tem a sua atividade profissional principal no setor têxtil, confessa que o Natal sempre teve, para si, “um significado muito grande”.

© Cláudia Crespo / Mais Guimarães
© Cláudia Crespo / Mais Guimarães

 “Desde muito novo que sempre gostei de fazer presépios, era uma coisa que eu dava muito valor e ainda hoje dou”, revelou à Mais Guimarães, enquanto se preparava para trabalhar mais uma peça.

Depois de chegadas à sua oficina as figuras da sagrada família, que adquire em diferentes locais, é tempo de dar asas à imaginação através do gesso e da madeira. A Arte Leite tem ainda uma parceria com Maria Fernanda Braga. São presépios com preços mais elevados, produzidos em barro, um material que descreve como “bastante mais delicado”, e que lhe levam mais tempo a concretizar.

Em média, vende uma média de 25 presépios por ano. Este ano, já produziu 24. A sua grande maioria já tem destino definido, mas ainda prevê ter de criar mais alguns.

© Cláudia Crespo / Mais Guimarães

De todos aqueles que já fez, há um que ocupa um lugar especial no seu coração. Foi feito para a sua própria casa, com contributos da sua esposa e da sua filha e representa os valores da família e união que tanto preza.

Mas nem só de presépios se compõe a carreira de Filipe Leite. Além das lembranças para diferentes ocasiões, tais como Dia do Pai, Páscoa ou Dia dos Namorados, o artesão também faz maquetes de edifícios na dimensão pretendida pelo cliente. Recentemente dedicou largas horas à replica da Igreja de Ponte e do Centro de Dia de Briteiros S. Salvador.

© Cláudia Crespo / Mais Guimarães

© Cláudia Crespo / Mais Guimarães

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES