Governo vai ajudar a pagar a luz durante o confinamento

Com a possibilidade quase certa de entrar em confinamento geral, o Governo e o Presidente da República estarão a preparar um conjunto de medidas que visem um maior apoio social. Numa altura em que o frio tem vindo também a agravar-se e em que é necessário aquecer as casas, poderão surgir apoios no que toca ao pagamento da fatura da luz.

De acordo com informações reveladas esta terça-feira, 12 de janeiro, pelo jornal de referência “Expresso”, que cita fonte do Ministério do Ambiente, deverá ser apresentada uma medida para o pagamento de 10 por cento da fatura da luz a todas as famílias. Esta medida aplica-se a todo o mês de Janeiro e estará em vigor enquanto durar o confinamento geral. Terá um custo para o Estado estimado entre 20 a 25 milhões de euros por mês. 

Como seria difícil estar neste momento a fazer distinções entre famílias, esta medida deverá aplicar-se à fatura de todas as famílias portuguesas. Ainda assim, quem já tem tarifa social deverá ter um apoio acima de 40%.

No campo energético, as novas medidas do Governo deverão ainda contemplar a fixação do limite do preço de venda ao público do gás de botija, como já tinha acontecido no início da pandemia. 

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?