Greve dos funcionários da Misericórdia na próxima semana

Está marcada uma greve dos trabalhadores da Misericórdia, para segunda-feira, dia 24, com concentração em frente à sede da Santa Casa da Misericórdia de Guimarães. A greve continua na terça-feira, com vigília, largo do Toural, às 17h30 e na quarta-feira, às 10h00 há manifestação e desfile pelas ruas da Cidade.

No último dia, os protestos contam com a presença da secretária geral da CGTP-IN, Isabel Camarinha.

Em causa, segundo o Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, estão o acordo empresa, em negociação há mais de dois anos, por falta de resposta da Santa Casa da Misericórdia, o aumento dos salários e diuturnidades, a regulação dos horários de trabalho, que permitam a organização da vida pessoal e familiar dos trabalhadores.

O Sindicato quer também que acabemos vínculos precários, com a pasagem aos quadros dos trabalhadores que exercem funções permanentes. Esta greve defende a liberdade sindical dentro da instituição e o fim do “assédio laboral que tem fustigado os trabalhadores, assumindo formas como repressão, opressão, censura e perseguição”.

O Sindicato acusa a administração da Santa Casa da Misericórdia de Guimarães de ter “aumentando a perseguição aos trabalhadores, movendo dezenas de processos disciplinares indevidos a trabalhadores que estiveram sempre na linha da frente na luta contra a Covid-19”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?