GUIMARÃES COM MAIS OBRAS EXPOSTAS MAS MENOS EXPOSIÇÕES

Guimarães registou, em 2018, um aumento no número de obras expostas em galerias de arte ou outros espaços de exposições temporárias mas, por outro lado, teve uma redução do número de exposições realizadas. Os dados são do INE e foram revelados hoje.

1 231 obras foram expostas no concelho, durante o ano de 2018, um número apenas inferior aos anos de 2012 (com 1 853) e 2013 (com 1 730), anos marcados pela Capital Europeia da Cultura. A tendência registada em 2018 vem num sentido de crescimento, registado desde 2014.

No entanto, este aumento no número de obras expostas acontece enquanto que, no mesmo ano, se verificou uma redução no número de exposições realizadas. Em 2018 foram 26, sendo que em 2017 tinham sido 40. Desde 2014 que o número vinha a aumentar, tendo havido agora uma quebra. Apesar da Capital Europeia da Cultura, em 2012 realizaram-se 18 exposições, um número que subiu para o mais alto registado desde 2011 no ano seguinte, 2013, com 48 exposições.

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?