Guimarães é Cidade Amiga das Crianças

Na Reunião de Câmara de segunda-feira, 31 de maio de 2021, a vereadoras Adelina Pinto e Paula Oliveira apresentaram o programa das comemorações do Dia Mundial da Criança do Município de Guimarães, que decorrerá entre 1 e 4 de junho. O Dia Mundial da Criança comemora-se a 1 de junho.

Foto: DR

Um dos eixos de ação que será privilegiado, no programa e para o futuro, é o da participação. Em formato online, vários alunos que representarão todas as crianças do 1º ciclo (3º e 4º ano) dos agrupamentos de escolas do concelho de Guimarães, incluindo o ensino privado, terão a oportunidade de conversar com o presidente da Câmara e com os vereadores, colocando as suas dúvidas sobre o funcionamento do órgão executivo ou colocando sugestões para melhorar a vida em comunidade.

Ainda sob o tema da participação, será apresentada uma nova plataforma digital intitulada “Dar Vez à Tua Voz” que estará disponível para que as crianças possam enviar, sempre que o entendam, as suas críticas ou propostas.

No final da Reunião de Câmara, a vice-presidente e vereadora da Educação, Adelina Paula Pinto, disse aos jornalistas presentes que Guimarães, enquanto Cidade Amiga das Crianças e Cidade Educadora, tem feito um trabalho muito importante, com o apoio do laboratório colaborativo ProChild e de outras entidades, ao nível da promoção de políticas transversais que permitem olhar para as crianças, desde tenra idade, como merecedoras de um cuidado e atenção especiais.

Adelina Paula Pinto relevou um novo modelo que se está a incubar em creches de Gondar, Pevidém e Serzedelo, com um programa de estímulo precoce às crianças , e que está a ter a atenção do Instituto de Segurança Nacional, bem como UNICEF e da ONU. Este tipo de trabalho, que pressupões que as creches devem estar sob a alçada do Ministério da Educação e não na tutela da Segurança Social, já está a ser feito em alguns países do norte da Europa, adiantou a vereadora.

“Entendemos que o trabalho a efetuar nas creches não deve ser meramente de acolhimento, mas sim também de estímulo, motivo pelo qual gostaríamos que passassem a ser tuteladas pelo Ministério da Educação. O trabalho que estamos a realizar em Pevidém, com o apoio da Fundação Belmiro de Azevedo, e com o acompanhamento do Conselho Superior de Ética, através da Drª Ana Jorge e do Juiz Conselheiro Jubilado Laborinho Lúcio, entre outros ilustres nomes, é fundamental para demonstrarmos que, até aos 3 anos de idade, a criança forma a maior parte do seu vocabulário e do seu SER futuro”, afirmou Adelina Paula Pinto.

A vereadora da Educação deu o exemplo das comunidades migrantes como um trabalho que tem dado frutos, resultado de um trabalho em rede por parte de várias entidades e que sairá reforçado com a utilização de uma plataforma digital do Plano de Ação Local do Programa “Guimarães Cidade Amiga das Crianças”, que será apresentada no Dia Mundial da Criança. “Somos Cidade Amiga das Crianças todos os dias. O Dia 1 de Junho é o mote perfeito para falar do assunto”, frisou Adelina Paula Pinto

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?