Guimarães em zona de risco

António Costa acabou de anunciar ao país as novas medidas restritivas para 121 concelhos do país, no final da reunião extraordinária do Conselho de Ministros, realizada durante este sábado

Em 121 concelhos, entre os quais Guimarães passa a haver dever cívico de recolhimento domiciliário, eventos e celebrações limitados a 5 pessoas, salvo se do mesmo agregado familiar, o teletrabalho obrigatório.




O critério para definir as zonas de risco foi a existência de mais de 240 casos por 100 mil habitantes. Guimarães tem, nos últimos 11 dias, mais de 800 casos por 100 mil habitantes, mais de 3 vezes mais que o limite estabelecido para ser considerado zona de risco.

Mapa dos concelhos afetados pelas novas medidas.

Os estabelecimentos devem encerrar até às 22h00, com exceção de restaurantes que cozinham para fora, farmácias, consultórios e clínicas, funerárias, postos de abastecimento e serviços de aluguer de viaturas.

Os restaurantes devem encerrar até às 22h30 e só devem ter um máximo de seis pessoas por mesa, salvo se forem do mesmo agregado familiar. Todas as feiras e mercados ficam proibidos.

quadro_medidas

As medidas, agora anunciadas entram em vigor a 04 de novembro e serão alvo de reavaliação a cada 15 dias.

A reunião extraordinária do Conselho de Ministros, realizou-se um dia depois de o país ter ultrapassado os recordes desde o início da pandemia covid-19 com o registo de 40 mortos, 4 656 infetados e 1 927 doentes internados. Destes internados 275 estão em cuidados intensivos.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?