Guimarães promove incubação industrial para ser acolhida por empresas

Decorreu no Avepark a apresentação de produtos e ideias no âmbito do programa ‘Set.Up (IN)dustry’, desenvolvido pelo Município de Guimarães em parceria com a TecMinho.

Foto: DR

A apresentação de ideias inovadoras por jovens empreendedores dominou iniciativa ‘Demo Day’ do Set.Up (IN)dustry – o programa de aceleração e incubação de startups com produtos ou serviços de aplicação industrial, que decorreu no Avepark na passada quarta-feira, dia 22 de setembro.

O lançamento de projetos como um soutien que previne e reduz infeções microbianas; o desenvolvimento de produtos para os pais e para o bebé; um Centro criativo comunitário para fomentar a economia circular; a criação de um babygrow que orienta massagens terapêuticas para o alívio das cólicas dos bebés; um sistema de reaproveitamento de águas residuais para campos de futebol e golfe; a transformação de bolas de ténis e de padel para calçado desportivo e casual;  a solução automática de deteção e marcação de defeitos por visão artificial e ainda uma solução têxtil lar com aplicação de um agente natural de repelência sustentável, foram algumas das ideias demonstradas pelos empreendedores participantes no resultado do programa intensivo de aceleração de startups, desenvolvido pela Câmara Municipal de Guimarães, através da Set.Up Guimarães em parceria com a TecMinho.

A sessão contou com as intervenções do Vereador da Câmara de Guimarães, Ricardo Costa, e ainda do Presidente Executivo da Fundação José Neves, Carlos Oliveira.

Na sua intervenção, Ricardo Costa alertou para a “necessidade do país ter uma estratégia nacional de desenvolvimento regional, pois os territórios não são todos iguais, a urgência de ter academias para a indústria, onde possa promover inovação de forma constante e promover a capacitação e reconversão de recursos humanos. Pois a falta de inovação constante é sinal de extinção eminente”.

Este programa visa apoiar a nova geração para o desenvolvimento e o crescimento de ideias de negócio, criando a ligação entre novos empreendedores e as indústrias que integram o projeto Guimarães Marca, “suportando o crescimento de uma nova cultura industrial na região, baseada em soluções inovadoras”, acrescenta a nota enviada às redações.


©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?