Guimarães quer apostar em “Bairros Saudáveis”

Decorreu, na manhã desta terça-feira, dia 23, no Salão Nobre da Câmara Municipal, a sessão de apresentação dos quatro projetos vimaranenses aprovados no âmbito do programa “Bairros Saudáveis”.

© Direitos reservados

“Bairros Saudáveis” é um programa nacional dirigido a territórios, bairros ou zonas onde se verifiquem “condições de vulnerabilidade”, tem uma “natureza participativa” e pretende promover a “melhoria das condições de saúde, bem-estar e qualidade de vida em territórios vulneráveis”.

Com uma dotação de 10 milhões de euros, o programa financia, no total, 246 projetos. 71 localizam-se no norte do país e quatro serão implementados em Guimarães.

Guimarães aderiu através de projetos apresentados pela Fraterna – Centro Comunitário de Solidariedade e Integração Social, da Associação de Solidariedade Social de Professores (ASSP), da Associação Academia da Razão e da Associação Capivara Azul.

O programa apresentado pela Fraterna, designado por “Palácio da Imaginação”, e dotado de 50 mil euros, pretende intervir exclusivamente no Bairro da Emboladoura, um bairro com problemas de degradação localizado em Gondar. O “Palácio da Imaginação” quer estimular os moradores para uma “cocriação comunitária”.

A Associação de Solidariedade Social de Professores (ASSP) apresentou o “Distâncias Off”, iniciativa que visa “combater a iliteracia digital”  e a “exclusão social” e dar apoio ao estudo na freguesia de Creixomil e que será apoiado em 25 mil euros.

Já a Associação Academia da Razão apresentou o “CriativaMente”, que com um orçamento de 35.730 euros, pretende combater os problemas de saúde mental. O programa será implementado na área oeste do concelho, em quatro freguesias.

Quanto à Capivara Azul, apresentou o “07 bairros capitais, 07 bairros culturais” que, com um orçamento de 50 mil euros quer promover a aproximação dos moradores a diferentes manifestações das artes. Este projeto será implementado nos “bairros” de Azurém, Urgezes, Creixomil, Mesão Frio, Monte de S. Pedro, Mataduços e Coradeiras.

Na apresentação pública destes projetos esteve Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal, a vereadora da ação social, Paula Oliveira, o representante do programa “Bairros Saudáveis”, Aitor Varea Oro, e membros de várias associações, instituições e juntas de freguesia envolvidas.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?