HÁ JOVENS A FORMAR GRAÚDOS POR “UMA CIDADANIA DIGITAL MAIS ATIVA” NA SECUNDÁRIA DAS TAIPAS

As “aulas” são dadas por jovens voluntários, que vão informar, capacitar e dotar os mais velhos das ferramentas necessárias para navegar na internet através de uma explicação “simples e prática”

A escola taipense é a única representante do concelho nesta iniciativa © ESCT

A Escola Secundária de Caldas das Taipas (ESCT) também vai ser um local de aprendizagem para os mais graúdos. Sentadas, com um computador à frente, pessoas que não têm interação com o mundo online vão ser formandas de um conjunto de alunos voluntários. O objetivo? Capacitar estes adultos a navegar na internet de forma consciente e competente.

A escola taipense é a única representante do concelho, numa iniciativa que junta o MUDA – um movimento que liga várias organizações na promoção da participação dos portugueses no espaço digital – e 18 estabelecimentos de ensino do Norte e Centro de Portugal. “Por uma cidadania digital ativa” a ESCT juntou-se a iniciativa e a primeira formação já decorreu.

Segundo a plataforma Muda na Escola esta formação visa “todas as pessoas que pretendam aprender a usar a internet no seu dia-a-dia”. No entender da sub-diretora da ESCT, Ana Guedes, ainda é cedo para tirar ilações do projeto, já que ainda se encontra numa fase embrionária – ainda só decorreu uma sessão de formação -, mas o feedback desta primeira experiência é “muito positivo”.

As “aulas” são dadas por jovens voluntários, que vão informar, capacitar e dotar os mais velhos das ferramentas necessárias para navegar na internet através de uma explicação “simples e prática” . Com esta experiência, a plataforma almeja “incentivar os jovens do ensino secundário a serem atores relevantes neste processo de mudança e um elo de ligação à sua comunidade local.”

Existem oito módulos temáticos e quem retornar à escola para tomar o jeito à navegação digital vai aprender a criar uma identidade digital; uma conta de correio eletrónico ou rede social; saber mais acerca dos seus interesses; interagir com os serviços públicos; entre outras possibilidades.

O principal objetivo do projeto Muda na Escola é “ajudar os portugueses a serem mais digitais e aumentar o número de portugueses com utilização avançada da internet”, assim como “reduzir o número de pessoas que nunca utilizou a internet”, já que estes valores se encontram “muito abaixo da média da União Europeia”.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

SUBSCRIÇÃO GRÁTIS

RECEBA O JORNAL MAIS GUIMARÃES

NO SEU EMAIL

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?