HOSPITAL COM NOTA NEGATIVA NA ADEQUAÇÃO E CONFORTO DAS INSTALAÇÕES

O Hospital de Guimarães passou do nível de qualidade três para o nível de qualidade um no que diz respeito à adequaçao e conforto das instalações. Os dados foram divulgados pelo Sistema Nacional de Avaliação em Saúde (SINAS), criado pela Entidade Reguladora da Saúde (ERS).

A dimensão “excelência clínica”, a segurança do doente, a dimensão “adequação e conforto das instalações”, a focalização no utente e a satisfação do utente são as variáveis tidas em conta para este estudo, que este ano analisou informação de 159 hospitais. Dos 159, 87 pretencem ao setor público, 47 ao privado e 25 ao social. Apesar de, no que diz respeito aos dados do Hospital de Guimarães, haver alguns dos itens sem avaliação, é possível perceber que o principal aspeto negativo diz respeito à adequação e conforto das instalações, enquanto que, pela positiva, sobressaem as histerectomias e os partos e cuidados pré-natais.

Depois de uma avaliação constante de nível de qualidade três entre os anos de 2012 e 2017, o Hospital da Senhora da Oliveira viu a sua avaliação descer para o nível mais baixo na área relacionada com as suas instalações. A necessidade de obras, sobretudo no serviço de urgências, vem sendo abordada há vários anos, sendo que no início de outubro, e tal como o Mais Guimarães oportunamente noticiou, o Tribunal de Contas deu o aval à celebração do contrato de empreitada para requalificação do serviço. A obra, tal como está prevista, irá servir não só para remodelar as atuais instalações, mas também para as ampliar em cerca de 1.000 m².

Pode ler o artigo na íntegra no jornal Mais Guimarães, a partir de hoje nas bancas.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?