IPCA: seminário sobre a transição digital assinala arranque de projeto de formação

 Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e o Centro de Formação da Associação de Escolas dos Concelhos de Barcelos e Esposende (CFAE BE) realizam, no próximo dia 23 de julho, um seminário sobre a “Transição Digital como Pilar do Desenvolvimento no Século XXI”.  

A sessão assinala o arranque de um projeto de formação que irá prolongar-se até junho de 2023 e se destina ao universo dos 1940 professores do ensino pré-escolar até ao secundário dos concelhos de Barcelos e Esposende. 

O objetivo é promover a formação destes profissionais, tendo em vista a aquisição de competências na área das novas tecnologias digitais. Uma ação que decorre no âmbito da designada Transição Digital, identificada pelo governo português como um dos instrumentos essenciais da estratégia de desenvolvimento do país, em alinhamento com os objetivos políticos que irão nortear os investimentos da União Europeia no período 2021-2027, de acordo com o novo quadro da Política de Coesão. 

Segundo António Boaventura, diretor do CFAE BE, “esta formação partirá de um enquadramento estratégico, visto que quando nos referimos a ‘transição digital’ estamos a falar de um conceito que é novo e extremamente abrangente”. 

Daí que a fase anterior ao arranque efetivo deste projeto de formação tenha passado pela realização de um levantamento da proficiência digital dos professores de Barcelos e Esposende.  

“Este levantamento-diagnóstico permitiu enquadrar os professores em diferentes níveis de competências digitais e definir o caminho a dar a esta formação”, explica António Boaventura. 

A presidente do IPCA, Maria José Fernandes, revela que, “no âmbito de um protocolo assinado entre as duas entidades, o IPCA e o CFAE BE são parceiros neste projeto de formação na área da transição digital, designadamente através da disponibilização de docentes para serem formadores em áreas que vão desde a Inteligência Artificial, até ao empreendedorismo, à gestão pública ou aos jogos sérios e à ‘gamificação’”. 

O seminário da próxima sexta-feira vai abordar três temáticas: ‘Planos/Estratégias de Desenvolvimento Local’, ‘As Recentes Orientações Políticas Educativas em Portugal’ e ‘Algumas Linhas Programáticas para a Ação’. 

Além de oradores do IPCA e do CFAE BE, irão intervir representantes da Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM), dos Municípios de Barcelos e de Esposende, do Agrupamento de Escolas de Moimenta da Beira e de Barcelos e da Universidade do Minho. 

A sessão de abertura, que irá decorrer a partir das 9h00, contará com as presenças da presidente do IPCA, Maria José Fernandes, do diretor do CFAE BE, António Boaventura, do diretor do Agrupamento de Escolas de Barcelos, Jorge Saleiro, e ainda dos Municípios de Barcelos e Esposende. 

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?