Irmandade de São Torcato faz “esforço sobre-humano” para organizar Romaria Grande

Paulo Novais, Juiz da Irmandade de São Torcato, esteve à conversa com o Mais Guimarães sobre a Romaria Grande de 2022 e as dificuldades para voltar aos moldes normais “num contexto muito complicado” e com “poucos apoios”. Destaca o “forte envolvimento popular”.

Foi no dia 4 de julho de 1852 que o corpo de São Torcato foi trasladado do velho Mosteiro para a Basílica (na altura Mosteiro) de São Torcato. A Romaria Grande de São Torcato, que assinala os 170 anos da efeméride, regressa aos moldes habituais de festa e de devoção depois de dois anos em que “não houve festas”, mas “cerimónias religiosas”. Paulo Novais, Juiz da Irmandade de São Torcato, associação responsável pela organização da Romaria, destaca o “esforço sobre-humano” para que a realidade corresponda às expectativas “num contexto muito complicado”.

Se por um lado os “apoios” são muito escassos, o que faz com que o trabalho da Irmandade de São Torcato seja mais árduo, por outro há a relevar a colaboração e o envolvimento da freguesia. Paulo Novais, Juiz da Irmandade, destaca o “apoio colaborativo das diferentes instituições culturais de São Torcato”. Afirma ainda que “o que caracteriza São Torcato é de facto um forte envolvimento das instituições nossas, os grupos folclóricos, os escuteiros que têm também uma participação muito ativa e sempre pró-ativa”.

A Irmandade de São Torcato, organização responsável pelas celebrações e pelo programa, destaca o “forte envolvimento popular”, traço distinto da Romaria Grande. E é para as pessoas que têm trabalhado, as pessoas que vão a São Torcato “pela devoção, pela crença que têm no São Torcato, o santo do povo”, mas também “para se divertir”. Há, por isso, destaque para “uma iluminação muito bonita”, inaugurada na última segunda-feira, dia 27 de junho, e para a contratação de “artistas de renome nacional” como é o caso de Quim Barreiros, que vai subir ao palco às 22h00 do próximo sábado, dia 2 de julho. No domingo, dia 3 de julho, a Missa Solene em Honra de São Torcato está agendada para as 11h00 e será presidida por Dom Jorge Ortiga, Arcebispo Emérito de Braga e Primaz das Espanhas. Às 18h00 está marcada a Solene Procissão presidida pelo Arcipreste de Guimarães e Vizela, Padre Samuel Vilas Boas.

O Festival do Bolo com Sardinhas é outro atrativo da Romaria Grande de São Torcato e celebra a tradição secular da preparação em fornos de lenha do bolo com sardinha, bolo com carne e caldo verde. De acordo com Paulo Novais, a Irmandade de São Torcato “fez um esforço grande”, há alguns anos, para criar “duas réplicas” que “vão suportar aquilo que é uma festa, um conjunto de atividades com restaurantes que vão ali fazer bolo com sardinha”. As réplicas mantêm assim “a tradição de utilização dos fornos”.

A novena em honra de São Torcato começou no dia 25 de junho e prolonga-se até ao dia 3 de julho. O programa da Romaria Grande de São Torcato concentra as celebrações entre os dias 1 de julho, sexta-feira, e 3 de julho, domingo.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?