IVO VIEIRA: “O SC BRAGA FOI MAIS FORTE”

“Nos momentos fulcrais do jogo, o SC de Braga foi mais forte”, admitiu Ivo Vieira, esta noite, após a derrota do Vitória no dérbi minhoto, por 2-0, no D. Afonso Henriques.

“Não conseguimos criar situações de jogo como criámos de forma natural de outros jogos. Houve uma diferença grande naquilo que foi a abordagem ao jogo em termos de duelos. Tínhamos de decidir melhor quando estávamos em ataque organizado”, analisou o técnico, falando mesmo em na necessidade de “crescimento” da sua equipa. “Pusemos sempre a equipa em cheque. A maturidade de alguns jogadores do outro lado fez alguma diferença. É uma equipa grande, possante, atlética, com bons elementos, … Nós também os temos, mas esta juventude tem que crescer nesse aspeto. Nos momentos fulcrais do jogo, o Braga foi mais forte”, completou.

Ivo Vieira assegurou que os atletas estavam conscientes da importância do dérbi minhoto para os adeptos vitorianos e que não foi a falta de vontade que impediu o triunfo. “[Os jogadores] não conseguiram obter esse resultado, mas não foi por falta de vontade. É duro perder um jogo em casa, desta dimensão. É um resultado pesado para nós, em nossa casa, onde temos proporcionado bons espetáculos e conseguido alguns resultados positivos”, admitiu.

Contudo, o técnico sublinhou que o campeonato “não acaba aqui”. “Temos que continuar o caminho. Temos um período longo para trabalhar em termos mentais e fazer a equipa crescer. Temos que acreditar no que podemos fazer. Lutar por isso de forma organizada e consciente. O que éramos até então não deixamos de ser. Foi um jogo que não conseguimos ganhar”, explicou.

Agora com uma pausa de duas semanas pela frente – devido a jogos das seleções e da Taça de Portugal – Ivo Vieira acredita que há agora “um longo caminho” para “dar a melhor resposta possível” no jogo frente ao Vitória de Setúbal, agendado para 1 de dezembro.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?