IVO VIEIRA: “TEMOS QUE ACREDITAR QUE É POSSÍVEL”

©  Vitória Sport Clube

O técnico vitoriano, Ivo Vieira, admitiu, ao final da manhã desta quarta-feira, que a equipa está “consciente” de que passar à fase seguinte da Liga Europa será “uma tarefa difícil”, porém, lembrou também que tal ainda é possível. “Temos algumas [possibilidades de passar], ainda que sejam remotas, mas temos. Temos que nos agarrar a isso e acreditar que é possível. É para isso que vamos a jogo”, apontou.

O técnico falava no âmbito da conferência de imprensa de antevisão da partida desta quinta-feira, a contar para a fase de grupos da Liga Europa, frente ao Standard de Liège, “uma equipa competitiva com grandes possibilidades de passar a fase seguinte”, afirmou. O jogo está agendado para as 20h00, no Estádio D. Afonso Henriques.

O Vitória entra esta quinta-feira em campo depois de 18 dias sem jogar, uma interrupção que teve um lado positivo e um lado negativo, segundo o técnico vitoriano. “De certa forma a interrupção não foi boa , pois estamos com sede de jogar e de ganhar. O grupo necessita desse momento”, explicou. Contudo, esta foi também uma oportunidade para encontrar “algumas situações, nos jogos desempenhados até então, para corrigir e melhorar”. “Foi um período que aproveitámos para melhorar esses momentos. Temos amanhã a oportunidade de poder impor em campo o que mais gostamos, levando para campo o que trabalhámos ao longo da semana”, aponta.

Na primeira mão ante o Standard de Liège, jogada na Bélgica, o Vitória perdeu por duas bolas a zero. Agora, o objetivo é fazer o que não foi feito na primeira partida: “marcar mais golo do que o Liège”. “Foi um jogo bem conseguido da nossa parte, mas que não conseguimos vencer e o importante é ganhar jogos”, frisou.

No Grupo F, o Vitória ocupa a última posição, com 1 ponto e está, por isso, dependente dos resultados dos adversários para conseguir passar aos 16 avos de final. “Sabemos que não dependemos única e exclusivamente de nós, mas também do resultado entre o Arsenal e o Frankfurt. Há aqui uma panóplia de situações. Mesmo levando para o último jogo alguma possibilidade, vamos depender sempre de segundos e terceiros”, lembrou.

Ivo Vieira reforçou que o percurso do Vitória na competição não se refletiu nos resultados, porém, este “foi um momento de aprendizagem e crescimento muito valioso no desempenho dos atletas”, lembrou. “Vamos procurar manter isso com resultados diferentes”, ambicionou.

Também presente na conferência de imprensa, o atleta Florent Hanin concordou com Ivo Vieira: ” É uma boa aprendizagem porque [a Liga Europa] é diferente do campeonato português. É um ritmo mais elevado e de maior exigência. Mas toda a gente sentiu que as nossas exibições mereciam mais pontos”, apontou.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?