Já foram enviadas mensagens sobre início do processo de vacinação contra a COVID-19

As mensagens já enviadas afirmam-se como um “aviso” à população de modo a sensibilizar os cidadãos portugueses para o período de vacinação contra a COVID-19. 

Mesmo antes do processo de vacinação ter começado no domingo passado, 27 de dezembro, já tinham sido enviadas cerca de 11,2 milhões de mensagens pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) em colaboração com a Direção Geral da Saúde (DGS).

O Ministério detalhou que o conteúdo das mensagens indicam que a vacina é “facultativa, mas recomendada e gratuita” e que explicam que se deve aguardar contacto por parte do SNS.

Estas mensagens foram enviadas “de forma eletrónica para os operadores de comunicações móveis, que por sua vez o remetem para os seus clientes, o que permite que se atinja uma cobertura muito significativa da população”.

Para receberam a vacina os utentes serão identificados com base na listagem dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), que serão disponibilizados aos Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES), sendo depois contactados por mensagem SMS para “aferição de interesse para vacinação COVID-19”.

Caso responda “sim”, o agendamento é efetivado e o utente receberá uma nova mensagem com a data, hora e local da vacinação.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?