JÚLIO MENDES ACREDITA QUE DESFECHO DO JOGO PODIA TER SIDO DIFERENTE

A derrota com o Sporting ficou marcada pela polémica e Júlio Mendes não quis deixar passar o momento sem se pronunciar sobre o sucedido. Na sala de imprensa do estádio de Alvalade, o presidente do Vitória defendeu que se a grande penalidade tivesse sido marcada, o desfecho do jogo poderia ter sido outro.

“Em campo estiveram três equipas e o Vitória e o Sporting estiveram muito bem. Depois deste jogo, principalmente pelo o que vi que na primeira parte, interrogava-me porque ainda continuamos no futebol, por que motivo estas coisas não nos fazem desistir. Todo o estádio viu uma falta grosseira cometida por Acuña sobre Rochinha, uma falta do tamanho de um camião e o senhor árbitro, a dois, três metros, não viu”, começou por afirmar.

“Uma falta que dá direito a penálti e a história do jogo seria diferente. O futebol é um jogo, uma sequência de acontecimentos e nenhum de nós pode ignorar que uma determinada incidência tem consequências no desenrolar da partida. Teria sido igual? Não, seria outro jogo. Mesmo que defendam que a falta é fora, seria assinalada falta numa jogada perigosa a nossa favor. É isto que me surpreende, que algumas pessoas não corem de vergonha e se escondam sempre atrás dos mesmos argumentos”, concluiu Júlio Mendes.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?