Juventude Popular de Guimarães volta

A Juventude Popular de Guimarães, inativa há cinco anos, vai retomar a atividade. Na sábado, dia 27, realizam-se as eleições para a direção da JP. Pedro Ferreira, líder da única lista que avançou para este ato eleitoral, será, a partir de sábado o no líder dos jovens democratas-cristãos vimaranenses.

Pedro Ferreira será o novo líder da Juventude Popular

“Este é um trabalho que eu e outro colega que também faz parte da lista já temos vindo a fazer, há cerca de um ano e meio. Nenhum de nós tem experiência política, mas temos uma vontade enorme de fazer mais por Guimarães, principalmente pela população jovem de Guimarães”, afirma Pedro Ferreira.

O futuro líder das JP quer ir ao encontro das expetativas dos jovens, mas também mobilizá-los. A JP estará envolvida na próxima campanha para as autárquicas. “O nosso objetivo passa por mudar alguma coisa em Guimarães. Por exemplo, o desnivelamento da rotunda de Silvares que agora foi inaugura, é uma obra que devia estar pronta há muito tempo”.

Para Nuno Vieira e Brito, líder dos democratas-cristão de Guimarães, “faz sentido que os partidos tenham estruturas juvenis. Um partido é a defesa de um conjunto de valores para uma sociedade que tem que ter continuação e essa continuação são os jovens. Um partido não pode ser apenas um acomodar de lugares, entre pessoas que se fecham num ciclo e que não comunicam esses ideais às gerações seguintes.

O presidente do CDS Guimarães reconhece que este é já um resultado do trabalho da atual Comissão Política, mas salvaguarda que os jovens centristas tiveram toda a autonomia para se organizarem. “Este processo até já teria ocorrido se não fosse por causa da pandemia que motivou a interrupção dos atos eleitorais”, ressalva o líder do CDS.

Nuno Vieira e Brito gostaria de ver a JP “intervir positivamente no âmbito da coligação com o PSD para as eleições autárquicas”. Para o líder do CDS, esta intervenção passa pelo colocação destes jovens em lugares elegíveis. “Não queremos jovens para enfeitar, queremo-los para intervir”, afirma.

Pedro Ferreira tem 23 anos, é licenciado em Gestão de Recursos Humanos e frequentou o curso de mestrado em Gestão de Empresas, trabalhou na área de recursos humanos e trabalha agora na área da melhoria continua.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?