Líder Moreirense quer dar nova alegria à massa adepta

Foto MFC

Cumprido o dever na Taça de Portugal, eliminando o Lajense, dos distritais dos Açores, o Moreirense já aponta baterias para o campeonato, com o objetivo de regressar à elite do futebol português.

Líder da Liga 2, com seis vitórias e um empate, os cónegos recebem o Nacional da Madeira, cuja campanha está muito distante do pretendido pelos seus exigentes. No entanto, o 16º lugar dos madeirenses não é, para o treinador Paulo Alves, sinónimo de facilidades. O responsável técnico do Moreirense reconhece valor ao adversário. “Não está a realizar um campeonato condizente com o seu valor. Tem jogadores experientes e alguns deles com passado na Liga”, lembrou.

No entanto, jogando perante a massa adepta, que tem sido numerosa e fervorosa no apoio neste arranque de temporada, Paulo Alves dá voz à ambição do coletivo. “Queremos brindar os associados com uma vitória. Mas temos de ser sérios para alcançar o melhor resultado”.

O confronto direto é favorável ao Moreirense. No Comendador Joaquim de Almeida Freitas, no principal escalão, a equipa vimaranense venceu sete, empatou uma e perdeu uma.
Na segunda Liga, em três jogos, venceu dois e perdeu um.

Bruno José Costa, de Viana do Castelo, é o árbitro do encontro. Álvaro Mesquita e Tiago Leandro são os árbitros assistentes.

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?