LUÍS CASTRO: “O PLANO É COLOCAR EM CAMPO A MELHOR EQUIPA PARA ATACAR O JOGO”

O Vitória desloca-se este sábado ao terreno do Valenciano, para a 3.ª eliminatória da Taça da Portugal. Na antevisão ao encontro, Luís Castro assumiu que o favoritismo está do lado dos Conquistadores e garantiu levar a jogo a melhor equipa.

“Somos favoritos ao jogo. Temos como objetivo principal ganhar o jogo e passar à próxima eliminatória. Queremos que seja um jogo agradável para todos quantos nos vão acompanhar e é esse o nosso objetivo principal, passar a próxima eliminatória. Sim, sabemos que somos favoritos e assumimos o favoritismo”, começou por admitir o técnico do Vitória.

Apesar do encontro frente a uma equipa de escalão inferior, a atuar nos distritais, Luís Castro afirmou que vai levar a jogo a melhor equipa para vencer: “Para já dissociamos as duas competições, campeonato é campeonato e Taça é Taça e olhamos para o jogo de forma isolada. O plano é colocar em campo a melhor equipa para atacar o jogo e ganhar o jogo”. Para o técnico do Vitória, é nos treinos que os jogadores têm, diariamente, a oportunidade de demonstrarem competência e qualidade. “Os jogadores todos os dias têm oportunidade de se mostrar, todos os dias há treino e é o melhor espaço para os jogadores se mostrarem e as oportunidades surgem todos os dias. Os jogadores não podem esperar que seja um jogo a oportunidade deles. Esse momento conquista-se nas oportunidades diárias de irem a treino e demonstrarem o seu valor”, acrescentou Luís Castro.

O profissionalismo da equipa e também do clube foi igualmente abordado pelo técnico, que referiu que o adversário foi bem estudado e bem preparado. “Quando eu falo em profissionalismo, esse profissionalismo não pode ser algo que se diga e não se faça. Tem de ser transversal a todas as nossas ações no clube. Quando nos aparecem os adversários, o próximo é sempre visto e observado e depois é reflectido e passa-se a mensagem e as imagens. É uma equipa que produz um futebol muito positivo (o Valenciano)”, explicou.

Sobre a festa da Taça e o Vitória jogar na casa do adversário, Luís Castro respondeu “como cidadão nascido no interior do país”. “Aquilo que mais entusiasma todos quantos estão distantes dos grandes centros é verem ao vivo pessoas que lhes estão tão distantes ao longo das suas vidas. É uma oportunidade única nós levarmos as nossas equipas a esses pontos do país. Acho que isso acontece tão raras vezes que é sempre uma oportunidade perdida de nós mostrarmos a nossa instituição e de as pessoas ficarem felizes por receberem a nossa instituição. Toda a festa só se faz quando nos deslocamos aos sítios que nos calham em sorte para jogar”, concluiu o técnico

 

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?