LUÍS CASTRO SOBRE O DÉRBI: “VALE TRÊS PONTOS E UMA ALEGRIA IMENSA SE ISSO ACONTECER”

O Vitória defronta, esta sexta-feira, o rival minhoto, no Castelo do Rei. Luís Castro, na conferência de imprensa desta manhã, garantiu que o objetivo é somar os três pontos e que os seus jogadores estão confiantes, mas que a tarefa que tem pela frente é árdua. O técnico vitoriano abordou também a questão da rivalidade vivida entre os dois clubes, nunca esquecendo o “apoio incondicional” dos adeptos vitorianos.

 

 

A pouco mais de 24 horas para o primeiro dérbi minhoto da temporada, Luís Castro mostrou-se consciente do jogo difícil, mas não escondeu o bom momento que o Vitória está a passar. Para o técnico, o jogo “vale três pontos e uma alegria imensa se isso acontecer”. “Estamos determinados e temos muita ambição de que isso aconteça, e é com esse objetivo claro que vamos a jogo”, apontou Luís Castro.

Em relação ao último resultado do Vitória frente ao Braga, em que os Conquistadores sofreram uma derrota pesada (0-5), o treinador deixou muito claro: “o resultado da época passada não me diz nada para o jogo que vamos disputar amanhã, assim como a vantagem que o Vitória tem ao longo da sua história frente ao Braga em casa”, referiu.

O treinador abordou ainda a rivalidade entre os dois clubes, que sublinhou ir além do futebol. “Um dérbi como o Vitória-Braga é um dérbi que se estende no tempo e na história. A rivalidade existente entre as cidades não se reporta só ao futebol, é uma história de séculos, e a parte mais visível dessa realidade exprime-se através do dérbi. Isso sente-se. Sente-se uma energia diferente na cidade, um entusiasmo que se estende aos jogadores e à equipa técnica, mas nós sabemos que temos de ter uma dose de serenidade e racionalidade para abordar o jogo. Mas é bom sentir esta energia, é um privilégio passar por estes momentos”, disse Luís Castro.

Sobre o Braga, o técnico vimaranense referiu ser “uma equipa estável”, elogiando o serviço de Abel Ferreira ao serviço do clube, sem esquecer “a tarefa difícil pela frente”, mas confiança para a “ultrapassar com sucesso”. “É com este pensamento que vamos a jogo. Um duelo muito interessante para quem o joga e para quem o vê”, apontou.

No final da conferência, Luís Castro comentou as faixas que foram colocadas pela cidade. “As faixas são manifestação de amor ao clube. Sei que os adeptos apoiam incondicionalmente a equipa. Caminhamos ao lado deles e eles a nossa lado, são muito fiéis”, concluiu o treinador.

O Vitória tem dérbi marcado com o Braga amanhã, 26 de outubro, às 21h15, no Estádio D. Afonso Henriques.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?