LUÍS CASTRO: “UMA GRANDE BATALHA”

Depois do nulo frente ao FC Porto, Luís Castro considera que o encontro foi uma “grande batalha” e que, pelo que a sua equipa fez, merecia a vitória.

“A justiça do resultado está nos golos que se marcam e não se sofrem. Agora, se a produção das equipas podia fazer com que chegassem mais longe, é outra coisa. Acho que na primeira parte o jogo andou equilibrado, mas nos últimos dez minutos houve ali uma supremacia do FC Porto. Nos últimos dez minutos não conseguimos pressionar tão alto e o FC Porto encostou-nos atrás, mas ainda assim tivemos oportunidades. Na segunda parte decidimos baixar as linhas, a dimensão física podia estar afetada e decidimos sair mais no ataque rápido, embora na decisão final não tivessemos decidido da melhor maneira. Estrategicamente as equipas estiveram de forma diferente em campo, uma grande batalha. Ao que os meus jogadores fizeram, mereciam sair com mais pontos”, começou por explicar o técnico dos Conquistadores.

Depois de “roubar” pontos pela segunda vez esta época aos dragões, Luís Castro afirma que não há qualquer segredo e que em todos os jogos a ambição é a mesma. “Acreditamos muito no que fazemos todos os dias. Trabalhamos para que as vitórias aconteçam. Olhamos para todos os jogos da mesma forma, com a possibilidade de conquistar pontos. Depois temos a vantagem de ter a nossa massa adepta, tanto em casa como fora, e isso é uma energia extra”, admitiu.

O técnico do Vitória não quis comentar a arbitragem nem as críticas deixadas por Sérgio Conceição à equipa liderada por Rui Costa.

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?