Manifestação em Serzedo contra a poluição do rio Vizela

 Decorreu durante a manhã de sábado, dia 08 de junho, mais uma manifestação  junto da ETAR de Serzedo em defesa da despoluição do Rio Vizela. A manifestação, à qual se juntou Victor Hugo Salgado, o presidente do Município, foi  promovida pela Força Azul, SOS Rio Vizela e EcoRiver.

Em declarações aos jornalistas no local, Victor Hugo Salgado afirmou que não há dúvida que a água do rio Vizela é poluída pela ETAR DE Serzedo. “Antes da ETAR o rio é límpido, depois da estação de tratamento a água é poluída”, afirmou o presidente da Câmara, salientando que apoia esta afirmação em análises e imagens, nomeadamente num estudo feito pela Universidade de Aveiro.

Uma das soluções apontadas por Victor Hugo Salgado é a construção de uma conduta que ligue esta ETAR à seguinte, “para que não seja uma única estação a tratar todos os efluentes”.

O presidente de Câmara de Vizela voltou, nesta oportunidade, a repetir a ameaça que já tinha feito: “se não houver uma solução para a poluição do rio Vizela não haverá eleições presidenciais em Vizela.”

A Águas do Norte tem afirmado repetidamente que cumpre os requisitos legais, esta explicação, todavia, não satisfaz o edil vizelense. “Isso não chega, nós queremos água própria para banhos”, afirma Victor Hugo Salgado a propósito das justificações da Águas do Norte.

“O próprio Ministério do Ambiente diz que não nos atribui uma licença para uma praia fluvial, no centro urbano do concelho de Vizela, dizem que não nos atribuem porque a água não é própria para banhos”, afirma o presidente, colocando em evidência a contradição.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?