Manuel de Oliveira e Sofia Escobar nos 20 anos da elevação a Património da Unesco

O programa das comemorações da elevação de Guimarães a Património Cultural da Humanidade foi apresentado na manhã desta quinta-feira, dia 25 de novembro, no salão nobre da Câmara Municipal, e decorre de 10 a 15 de dezembro.

© Eliseu Sampaio/Mais Guimarães

Guimarães vai assinalar as comemorações dos 20 anos da elevação a Património Cultural da Humanidade com um programa diversificado, onde se destacam os concertos de dois vimaranenses. No dia 13 de dezembro, dia em que o centro histórico vimaranense completará 20 anos da classificação, Manuel de Oliveira apresentará o seu novo álbum “Entre-Lugar”, com um concerto agendado para o Centro Cultural Vila Flor, pelas 21h30. Sofia Escobar atuará dois dias antes, a 11 de dezembro, com a Orquestra do Norte no São Mamede – Centro de Artes e Espetáculos, também pelas 21h30.

© Direitos reservados

Para além dos concertos, estão previstas várias iniciativas entre os dias 10 e 15 de dezembro, desde a projeção de imagens no património histórico, conferências, exposições, visitas guiadas e o ato simbólico do rebate dos sinos das Igrejas do Centro Histórico Classificado, no dia 13.

“Pretende-se valorizar o trabalho que foi realizado nas décadas que antecederam a inscrição na lista da UNESCO e celebrar a capacidade que tem sido revelada de salvaguardar, usar e valorizar esta área ao longo dos últimos 20 anos”, referiu a vereadora responsável pelo Centro Histórico, Ana Cotter, na conferência de imprensa. A vereadora destacou ainda a “ambição” em alargar o estatuto desta classificação à Zona de Couros, num processo que está a decorrer.

O orçamento das comemorações dos 20 anos da elevação a Património da Humanidade da UNESCO ronda os 25 mil euros, segundo Paulo Lopes Silva, vereador da Cultura da Câmara Municipal de Guimarães.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?