Miguel Pinto Lisboa crítico com penálti não assinalado

O presidente Miguel Pinto Lisboa substituiu o treinador Bino Maçães na sala de imprensa.

Crítico com a grande penalidade não assinalada sobre Rochinha, o responsável máximo deixou ainda um apelo para as duas últimas jornadas. “Sabíamos que o resultado iria ser definido nos pormenores, mas na realidade o resultado ficou condicionado aos 71 minutos, quando Rochinha é agarrado pelo Babic. Era lance para grande penalidade e segundo amarelo. O fato dessa decisão não ter sido tomada pelo árbitro, nem pelo VAR, condicionou o rumo dos acontecimentos. Acreditamos que vamos conseguir uma qualificação europeia, acreditamos nos nossos jogadores, mas esperamos que os jogos sejam decididos pelos jogadores e não por fatores exógenos que condicionam o resultado final de forma definitiva”, concluiu.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?