MUNICÍPIO CONDECOROU CINCO PERSONALIDADES VIMARANENSES

A 24 de junho de 2018, João Gomes Alves, António Mota Prego, Arménio Sá, João Sousa e Manuel Mendes foram homenageados e medalhados pela Câmara Municipal de Guimarães, no dia em que se celebra a Batalha de S. Mamede, o primeiro Dia de Portugal.

Numa cerimónia que contou com a presença de dezenas de pessoas, no Paço dos Duques de Bragança, os cinco condecorados não poderiam sentir mais orgulho em receber o galardão.

As medalhas de Honra Municipal foram atribuídas a João Gomes Alves e António Mota Prego. “Não consigo encontrar palavras que traduzam a minha felicidade e a honra que é ser distinguido”, referiu Mota Prego. Para Gomes Alves “foi uma grande honra”: “Nasci no Toural, sempre vivi no progresso da cidade e fazendo jus ao nosso hino, que diz ‘Guimarães, teu progresso, tua vida, é toda a nossa aspiração’, é isso”.

Arménio Sá, recebeu a medalha de Mérito Artístico e recordou que existem outros artistas no concelho que devem ser valorizados. “Foi um dos dias mais felizes da minha vida. Tenho uma responsabilidade acrescida de continuar a trabalhar, continuar a pintar a minha cidade e também mostrar aos vimaranenses que temos muitos artistas na cidade, nas várias áreas”.

Manuel Mendes e João Sousa foram condecorados com a medalha de Mérito Desportivo. O tenista está num torneio na Turquia, o que o impediu de receber o prémio. O seu pai, Marinho de Sousa, subiu ao palco na vez do filho. “(O João Sousa) sente-se muito honrado e muito sensibilizado. Inicialmente achou que não seria tão justo assim, visto que ainda é muito jovem. Mas percebeu que, de facto, o que ele já fez é de louvar e merece esta distinção. Hoje mesmo jogou e felizmente até ganhou”, referiu. Manuel Mendes explicou a sua motivação no atletismo. “Eu corro por mim, pela minha cidade e pelo meu clube, pelas pessoas que me apoiam e estão a meu lado”.

Domingos Bragança interveio nesta cerimónia, em que recordou a história do 24 de junho e relembrou aos presentes o que a cidade tem conseguido nos últimos tempos. “Inspirados na visão e na têmpera de D. Afonso Henriques, os vimaranenses continuam a criar memórias e a reinventar a cidade. Para que, hoje e sempre, Guimarães seja história feita futuro”, exclamou o presidente da Câmara.

Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior referiu que “Guimarães é símbolo de modernidade e de futuro. É uma cidade de conhecimento”.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?