NOVO AUTOCARRO ELÉTRICO JÁ PERCORREU AS RUAS DO BERÇO

Já circula em Guimarães o primeiro autocarro 100% elétrico associado ao transporte regular de passageiros. O ponto de partida foi dado na manhã desta quinta-feira, em Pinheiro, onde situam as instalações da ARRIVA Portugal – Norte. De seguida, o autocarro percorreu a Linha Cidade, tendo parado junto às instalações da Câmara Municipal de Guimarães.

Na sessão de apresentação do autocarro, que decorreu nos Paços do Concelho, Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães, reforçou a aposta na sustentabilidade ambiental do concelho: “há dois ou três anos, aquando da nossa candidatura a Capital Verde Europeia, eu disse que seria bom conseguir esse estatuto em 2020, e é para isso que trabalhamos, mas é sobretudo pelo caminho que atravessamos, da sustentabilidade ambiental. Aqui coloca-se como fundamental a mobilidade elétrica. Nós precisamos de criar as infraestruturas necessárias para que essa mobilidade possa concretizar-se, nomeadamente a infraestrutura de carregamento rápido. Para isso precisamos de criar uma rede por todo o território concelhio”. O edil gostava de ver esta ambição alargada a outros municípios: “a nossa responsabilidade é o nosso território concelhio mas gostávamos que esta rede fosse alargada a todos os territórios de concelhos vizinhos”.

“Estamos a trabalhar para que esta realidade se concretize. Nós precisamos, não de um carregador, mas de zonas de carregamento rápido, não só para o transporte público, mas também para o particular, para que as pessoas possam optar que mobilidade querem usar. queremos ser a primeira cidade a ter o carregamento rápido elétrico em todo o seu território e depois, então, trabalhar um concurso, para que todo o transporte público ao longo do concelho seja elétrico. Eu sei que é uma ambição grande, mas é por isso que queremos que seja gradual, para graduar a ambição. Estamos a trabalhar desde há algum tempo e não prescindimos deste caminho”, disse o presidente da Câmara Municipal de Guimarães.

Presidente da ARRIVA Portugal – Norte entregou os primeiros títulos de transporte

Manuel Oliveira, presidente da ARRIVA Portugal – Norte, lembrou que, desde o início, a empresa privada envolveu-se com a Câmara com o objetivo de “mudar de paradigma” no que toca ao ambiente. “Os TUG e a Câmara Municipal começaram desde logo a dialogar e a caminhar nesse sentido, apesar dos obstáculos, que se prendiam sobretudo com o reduzido raio de autonomia dos veículos e o seu elevadíssimo custo de aquisição, cerca de três vezes o valor de um a diesel. Apesar de tudo, lá se foi fazendo o caminho caminhando, até ao dia de hoje, em que damos início a esta nova era”, afirmou Manuel Oliveira.

Antes de terminar a sua intervenção na sessão de apresentação, o presidente da ARRIVA Portugal – Norte entregou os títulos de transporte aos primeiros clientes do passe elétrico: o presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, e o secretário de Estado Adjunto e do ambiente, José Mendes.

Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente deu os parabéns a Guimarães

“Estamos num bom caminho, Guimarães está de parabéns e eu quero acreditar que esta é mais uma peça do grande puzzle do processo que Guimarães tem vindo a definir, na candidatura a Capital Verde Europeia. Mas a grande vitória é este caminho que se está a construir”, afirmou José Mendes. Para o secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, é preciso passar das palavras à prática, como é o caso do município vimaranense: “é preciso ação e fazer acontecer. Este autocarro não é ficção, é mesmo elétrico”.

Investimento superior a 500 mil euros

No âmbito de candidatura ao programa POSEUR, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo de Coesão Ambiental, o concessionário Transurbanos de Guimarães, Transporte de Passageiros, Lda, empresa detida pela ARRIVA Portugal, promoveu a aquisição de um veículo pesado de transporte de passageiros vocacionado para o transporte público, com caráter regular, num investimento total de € 508.000,00 (quinhentos e oito mil euros), comparticipado em € 200.000,00 (duzentos mil euros).

O autocarro produzido em Portugal pela Caetano Bus, carateriza-se pela unidade motriz elétrica, sem recurso a qualquer motor auxiliar a combustão, e conjunto de baterias de apoio, que lhe permitem uma autonomia de 150 quilómetros. Esta premissa não dispensou outras valências, caraterísticas da generalidade do material circulante, como a tipologia ‘low floor’, ‘low entry’ ou o acesso para pessoas com mobilidade condicionada.

A Câmara de Guimarães promoveu simultaneamente a instalação de um posto de carregamento rápido na Estação Central de Camionagem, equipamento que permitirá o funcionamento contínuo do autocarro elétrico diariamente. O posto de carregamento rápido tem na potência instalada, 150 kw, a sua principal particularidade, constituindo-se, à data, como um equipamento único no país.

Sem ruído, sem emissões, sem combustíveis fósseis, a Linha Cidade dará desta forma o seu contributo na descarbonização e redução da pegada ecológica de Guimarães.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?