NOVOS TARIFÁRIOS SÃO ATRATIVO NA REABERTURA DO TELEFÉRICO

Foi assinalada esta manhã, de forma oficial, a abertura do Teleférico da Penha, depois de uma paragem de três meses para manutenção. A novidade nesta reabertura foi uma revisão no tarifário, com os vimaranenses a beneficiarem de bilhetes de ida a um euro e, de ida e volta, a um euro e meio.

Apesar de já ter estado em funcionamento durante o fim-de-semana, apenas hoje decorreu a cerimónia que marcou a reabertura daquele que é um dos equipamentos turísticos mais reconhecidos de Guimarães. A implementação dos novos tarifários já ajudou os vimaranenses a usarem o teleférico, tendo sido registadas 230 viagens no sábado e domingo, sendo dessas 60 crianças, um número “muito satisfatório” para Sofia Ferreira, vereadora do município e presidente da direção da Turipenha.

“É um orgulho reabrir depois desta quinta grande revisão e este novo tarifário é muito importante para promover o uso do teleférico, que celebra este ano os seus 24 anos, tendo já transportado cerca de cinco milhões de pessoas”, referiu Sofia Ferreira.

O principal objetivo é que o uso do teleférico para visitar a montanha passe a ser substituto do uso do automóvel. “Espero que o novo tarifário ajude a que haja menos automóveis a subir a montanha, dando lá em cima mais lugar às pessoas do que aos carros”, esclareceu Roriz Mendes, Juiz da Irmandade da Penha, que assumiu que o teleférico foi, durante muitos anos, um sonho dos vimaranenses.

Para Sofia Ferreira o principal objetivo é a segurança dos utilizadores do equipamento, tendo havido, nesta quinta grande revisão, um investimento de 260 mil euros e que obrigou a uma paragem de três meses. Para breve está prevista uma nova manutenção, no valor de 200 mil euros, mas que não vai interferir com o normal funcionamento, uma vez que vai incidir nas cabines, que vão sendo intervencionadas à vez, sendo que existem num total de 40.

Também para um futuro próximo, e segundo Sofia Ferreira, está prevista uma aposta nos recursos humanos, que vai contemplar formação para os trabalhadores, mas também uma forte aposta na promoção do teleférico, não só no mercado local e interno, como também no mercado externo.

Depois de no ano de inauguração, em 1995, o Teleférico de Guimarães ter recebido mais de 400 mil pessoas, os anos de 2017 e 2018 foram, respetivamente, os mais concorridos, com valores a rondar os 250 mil utilizadores.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?