NÚMEROS DO DESEMPREGO DESCEM MAS SÃO CADA VEZ MAIS OS LICENCIADOS INSCRITOS

Guimarães tem acompanhado a tendência nacional e tem visto os números de desemprego da sua população diminuirem. Ainda assim, entre os licenciados os números não são igualmente animadores, tendo aumentado, em média, 826 pessoas nos últimos dez anos.

Os últimos dados divulgados acerca do desemprego em Portugal são animadores e mostram uma clara tendência de descida. Em Guimarães, a realidade vai de encontro ao panorama nacional, sendo que dados de dezembro de 2017 apontam para 6,8% de desempregados na cidade.
Os anos de crise que o país ultrapassou tiveram um forte impacto a nível de emprego e para os vimaranenses isso foi bastante notório. Se em 2001 apenas 4.8% da população estava inscrita no centro de emprego, em 2009 o valor disparou para os 11% e só em 2013 retomou o percurso de descida. O pico foi atingido no ano de 2012, com o registo de 12.4% da população local em situação de desemprego.

Em números, e de acordo com os dados de dezembro do ano passado, atualizados em junho de 2018, são 6851 os inscritos no centro de emprego.
Ainda assim, e apesar da descida registada, há determinados grupos que têm seguido em sentido contrário. É o caso da população com um grau de escolaridade mais elevado.
Dentro dos indivíduos sem escolaridade, que frequentaram apenas o primeiro ciclo ou o segundo, os números vão de encontro à tendência de descida geral. Pelo contrário, do terceiro ciclo até ao ensino superior, os desempregados são cada vez mais.

 

Leia a reportagem na íntegra na edição do Mais Guimarães desta semana, nas bancas esta quarta-feira.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?