OBSTRUÇÃO INTENCIONAL DE COLETORES AMEAÇA DESPOLUIÇÃO DO RIO AVE

 

Na passada quinta-feira, dia 30 de agosto, ao início da manhã, a Junta de Freguesia  de Caldelas foi alertada por um cidadão, para uma situação de poluição da ribeira da Agrela, decorrente da sobrecarga de uma caixa da rede de saneamento. Segundo um comunicado daquela autarquia local, a mesma entrou em contacto com a Águas do Norte, Vimágua, Câmara Municipal e GNR.

De acordo com o documento, a Tratave procedeu à mobilização de meios necessários com o objetivo de repor o normal funcionamento da infraestrutura, no menor tempo possível e desencadeou uma ação de limpeza da referida caixa, com o objetivo de normalizar a situação, que segundo os indícios recolhidos resultou de uma atividade suspeita de inserção de peças de vestuário na caixa, uma técnica utilizada para fertilizar os campos. A Tratave procedeu ainda à realização de trabalhos complementares de manutenção preventiva no troço em causa, de modo a otimizar o funcionamento desta infraestrutura.

Conforme a informação contida no relatório da intervenção, e tendo em conta os registos dos caudais que comprovam que o derrame teve proporções muito reduzidas, o derrame de águas residuais ocorreu numa caixa devido à obstrução de uma outra caixa (400m de distância) do coletor por detritos, com a presença de objetos tais como peças de vestuário, matérias plásticas e outros similares.

“Esta situação ocorreu pelas 08h00 da manhã, o que indicia uma eventual atividade suspeita de inserção do material descrito anteriormente na referida caixa, numa técnica utilizada para fertilizar os campos”, lê-se no documento.

A Junta de Freguesia de Caldelas esclareceu que resolveu a situação, e pede que a comunidade denuncie atos semelhantes.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?