OFICINA APRESENTOU A PROGRAMAÇÃO PARA OS PRÓXIMOS QUATRO MESES

A Oficina apresentou esta tarde de segunda-feira, dia 29 de abril, o programa do quadrimestre, de maio a agosto, no Café Concerto do Centro Cultural Vila Flor (CCVF). Tal como aconteceu no início deste ano, A Oficina apresentou os grandes destaques dos próximos meses, com a presença dos membros da direção.

Os Festivais Gil Vicente e as Festas Gualterianas são os eventos com mais enfoque destes próximos meses. Nesta edição, os Festivais Gil Vicente decorrem de 30 de maio a 16 de junho, três semanas que Guimarães vai dedicar ao teatro. O Teatro Oficina, para além de convidar vários encenadores nacionais, decidiu apostar com força na formação, convidando a MAT (Mostra de Amadores de Teatro), o Gangue de Guimarães, os alunos da licenciatura de Teatro da Universidade do Minho e ainda os alunos do Teatro Oficina. “Toda a gente que faz teatro em Guimarães se junta”, referiu João Pedro Vaz, Diretor Artístico d’ A Oficina.

Rui Torrinha, responsável pela programação do CCVF e dos Festivais, acrescentou ainda que esta edição dos Festivais Gil Vicente será “uma das mais longas de sempre” d’A Oficina e que irá reforçar a criação. “Convictamente, acreditamos que é um festival que merece ser celebrado com muita mais força e parece-nos um passo inevitável. Que os festivais não sejam só um ponto de passagem, mas uma partilha de conhecimento no território”, sublinhou.

As Festas da Cidade e Gualterianas, que vão decorrer de 02 a 05 de agosto, embora ainda não tenham um cartaz já definido, voltam a destacar-se pelo regresso da Feira de Artesanato Guimarães, na Alameda de S. Dâmaso.

Para além das novidades em relação aos Festivais Gil Vicente e às Festas Gualterianas, a cooperativa apresentou ainda um novo membro na direção, Fátima Alçada, responsável pela programação da educação e mediação cultural. “Um dos grandes desafios da mediação desta estrutura é agregar e juntar todas as possibilidades que pode oferecer. Trabalha se sobretudo grupos muito específicos”, apontou.

No primeiro mês deste quadrimestre, maio, os destaques chegam já no próximo fim de semana, com duas peças de “um dos melhores encenadores portugueses”, Tiago Rodrigues, que leva ao palco do Grande Auditório do CCVF as peças “Sopro” (dia 04, sábado, pelas 21h30) e “Como Ela Morre” (dia 05, domingo, pelas 17h00).

Na parte da música, Jorge Palma e Julia Holter também vão atuar no maior palco do Vila Flor, a dia 10 e 27 de maio, respetivamente.

A meio do mês, no dia 18 de maio, celebra-se também o Dia Internacional dos Museus, em que a Casa da Memória e o CIAJG estarã abertos das 10h00 às 00h00, com oficinas para as famílias e visitas performativas. A entrada é livre.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?