PAN defende elaboração da Estratégia Municipal para o Envelhecimento Ativo e Saudável e de Combate à Solidão

Os candidatos do PAN à Câmara Municipal de Guimarães, Rui Rocha, e à Assembleia Municipal, Isabel Rodrigues, reuniram nas instalações da Associação Castreja, na antiga escola primária de Briteiros Santo Estêvão, com elementos da direção e um dos quatro técnicos da associação, para tentar perceber o trabalho da associação e as maiores dificuldades com que se deparam num território afastado da sede do concelho.

O trabalho da associação abarca toda a região que se estende desde a união de freguesias de Briteiros São Salvador-Briteiros Santa Leocádia até à união de freguesias de Souto Santa Maria-Souto Santa Leocádia-Gondomar, passando pela união de freguesias de Briteiros Santo Estêvão-Donim e pela freguesia de Barco.

“É fantástico como a associação nasceu e cresceu em tão pouco tempo. A Castreja tem feito um trabalho muito meritório em prol da comunidade junto, sobretudo, dos jovens e da população idosa”, disse Rui Rocha, acrescentando que “há, claramente, falta de apoio, pois há cada vez mais idosos isolados, que precisam de apoio e querem permanecer junto da comunidade”. O candidato do PAN acredita que “a associação quer fazer mais, mas precisa de ajuda da autarquia”.

Para o PAN, a população idosa é uma preocupação e uma das suas prioridades. “Ou a autarquia apoia estas associações, ou toma para si a responsabilidade e cria as condições para que esta faixa vulnerável da nossa população, que está a aumentar a olhos vistos, possa ter os apoios que necessita e experienciar um envelhecimento ativo de qualidade”. O partido defende, por isso, a “elaboração da Estratégia Municipal para o Envelhecimento Ativo e Saudável e de Combate à Solidão”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?