PAN Guimarães questiona município sobre “podas severas e radicais”

Partido mostra-se preocupado com o “descuido  dos serviços camarários relativamente às técnicas e ao momento das podas realizadas em árvores dos espaços públicos”.

“Quem fizer um pequeno périplo pelo concelho de Guimarães, principalmente fora da cidade, pode assistir a um triste espetáculo, no que ao tratamento das árvores em espaços públicos diz respeito», afirmou o porta-voz do PAN Guimarães, Nuno Teibão. 

Segundo o PAN, é possível encontrar, “por todo o lado, árvores doentes, amorfas, deformadas ou mutiladas, sem copas, tudo por causa de podas severas e/ou realizadas em plena primavera”. A melhor solução, dizem, será “a sua completa substituição por novos exemplares”. 

“Nunca é demais lembrar que as árvores serão um importantíssimo aliado para minimizar os efeitos das alterações climáticas, pelo que, relativamente às árvores, a política devia ser cuidar melhor e plantar muito mais, nomeadamente no interior das aldeias e das vilas”, afirmou o representante do partido.

O PAN faz saber que inquiriu a vereadora do ambiente da Câmara Municipal de Guimarães sobre as razões que levam à execução de “podas severas e radicais de árvores em espaço públicos, sobretudo nas freguesias fora da cidade”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?