Passo gigante rumo à manutenção na Liga

Filipe Soares, autor do golo

O Moreirense venceu no reduto do Boavista, por 1-0, aumentando para sete o número de jogos consecutivos a pontuar. O triunfo no Bessa, alcançado nesta noite de sábado, permitiu à equipa liderada por Ricardo Soares igualar o Santa Clara na oitava posição e manter uma vantagem de 14 pontos para a primeira equipa em zona de descida.
Apesar da melhor entrada vimaranense no desafio, a reação do Boavista foi célere e, dos pés de Sauer, saíram vários lances de perigo junto da baliza de Pasinato. O guarda-redes teve uma noite de muito trabalho, mas negou todas as investidas com enorme qualidade, contribuindo para o nulo registado ao intervalo.
O descanso não trouxe novidades. A equipa de Moreira de Cónegos voltou a entrar melhor na partida e, por intermédio de Filipe Soares, inaugurou o marcador logo no terceiro minuto. Um golo feliz do internacional sub 21 português, num lance que contou com a ajuda involuntária de Ricardo Costa. A formação liderada por Daniel Ramos não acusou o golo e teve soberanas ocasiões para restabelecer a igualdade. Heriberto e Sauer estiveram perto da felicidade, mas os respetivos remates não tiveram o enquadramento desejado. O conjunto vimaranense soube sofrer e, nem alguns deslizes de Pasinato no jogo aéreo, permitiram à equipa da casa chegar ao sucesso. Aliás, nem de grande penalidade, já no período de compensação, o Boavista conseguiu impedir a vitória do Moreirense. Sori Mané, que tinha entrado ao minuto 90, travou com o braço o remate de Carraça. O próprio Carraça assumiu a responsabilidade, mas a bola foi ao encontro do poste. Na recarga, a mesma pontaria. No último lance do desafio, o goleador Fábio Abreu desperdiçou uma clamorosa ocasião para sentenciar o jogo.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?