PCP interpela o Governo sobre a situação dos trabalhadores da Coelima

O grupo parlamentar do PCP questionou o Governo sobre a situação dos trabalhadores da Coelima, na sequência do pedido de insolvência apresentado pela empresa.

Foto: DR

Em comunicado, o partido diz que tem acompanhado “há vários anos, com preocupação, a situação laboral na Coelima”. “

Poder ler-se na nota do PCP: “a Coelima se apresentou à insolvência, na sequência de uma anunciada quebra de vendas superior a 60%, provocada pela pandemia e da não aprovação das candidaturas que apresentou às linhas de crédito covid-19”.

O PCP questiona os Ministérios do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e de Estado da Economia e da Transição Digital se estão a par da situação, se a Coelima tem dívidas à Segurança Social e às Finanças e que apoios públicos nacionais e comunitários foram atribuídos à Coelima nos últimos anos.

A Coelima que emprega cerca de 250 trabalhadores e completaria 100 anos em 2022.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?