PEDRO SOARES DIZ QUE CÂMARA “ESTÁ A CRIAR FALSAS EXPECTATIVAS E ILUSÕES”

O deputado bloquista Pedro Soares e o autarca da Junta de Freguesia de Serzedelo, no concelho de Guimarães, estiveram reunidos esta segunda-feira para analisar o impasse nas obras de recuperação da Igreja de Santa Cristina.

Para o bloquista, “só a Direção Regional de Cultura do Norte pode intervir” na recuperação do monumento nacional, depois de ouvir o autarca local, Artur Peixoto. O presidente da junta de Serzedelo indicou que a Câmara Municipal de Guimarães “diz que assume todos os encargos financeiros e que está a fazer o levantamento de todo o processo, uma vez que a empresa Iberdrola recuou na intenção de fazer as obras ao abrigo da lei de Mecenato”.

A intervenção para a recuperação da igreja do século XII deveria ter iniciado até 2016. Para o deputado Pedro Soares, a autarquia vimaranense “está a criar falsas expectativas e ilusões em Serzedelo porque nem sequer pode intervencionar neste edifício”, por estar classificado como monumento nacional.

Para mobilizar a população para o debate e a importância da preservação deste templo românico o Bloco de Esquerda colocou uma faixa nas imediações da Igreja de Santa Cristina de Serzedelo. A iniciativa visa alertar e mobilizar a população, sobretudo a local, para o estado interior da igreja que está a deteriorar-se sobretudo no telhado, com infiltrações e humidade em várias paredes que estão a destruir as pinturas murais.

Fotos: DR

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?